Metas a cumprir em 2016

Metas a cumprir em 2017: escrever nos primeiros dias do ano e não no penúltimo dia de janeiro de 2017. Veremos.

Sabe o que é melhor do que metas? Micro metas. A sua frustração diminui enquanto a satisfação aumenta bastante. E sabe o que é melhor do que vários projetos legais? Foco em apenas um. Mas eu acho que nunca aprendo e as vontades megalomaníacas que tenho esse ano são as seguintes:

Profissão (a mais importante)

Quero crescer mais ainda na minha área dentro da minha empresa. Trabalho com mídias sociais há séculos e com gestão de projetos. Apesar de eu não trabalhar na sede, acredito que posso ter mais êxito mostrando novos estudos e desenvolvendo melhor a gestão dos projetos de minha responsabilidade. Quero ascender e também preciso ganhar mais dinheiro.

Apartamento

Fiz recentemente uma mudança e ainda não sinto que o lugar que estou vivendo é a minha casa. Lar a gente constrói com o tempo, com amor e também com um monte de coisinha que tenha a sua cara, concorda? Por isso nesse ano continuarei pensando em formas baratas para decorar meu lugarzinho com fotografias, quadros, plantinhas e a crescente e próspera coleção de garrafas de cerveja. Além disso, quero aos poucos ir jogando fora as tralhas para o ambiente ficar mais clean e com a vibe leve. Outra tarefa é fazer uma faxina em lugares que geralmente nunca são tocados. Sabe aquela sujeirinha sutil que tem no teto branco, por exemplo? Ou aquela parede da cozinha que sempre é ignorada na hora da limpeza? Pronto, quero deixar tudo BRILHANDO, mas sem me descabelar.

Fotografia

Quero monetizar essa paixão e principalmente impactar de alguma forma a sociedade, nem que seja um tico de nada. Tenho vontade de retratar mulheres reais, para celebrar o empoderamento e autoestima delas. A ideia não é original, mas infelizmente ainda é necessária. Quero multiplicar esse sentimento ao compartilhar com outras pessoas as fotos junto com histórias de vida. Além disso, quero continuar tocando outros projetos paralelos. Fotografia de rua é uma vertente interessantíssima e que dá muita foto reflexiva – outra ideia que pretendo colocar em prática em 2016.

Bicos

Putz, dinheiro de novo. Não que seja um problema (só não é porque eu mudei a perspectiva e estou mais paciente e tranquila quanto a isso), mas o que sobra depois de eu pagar todos os gastos mensais é bem parco. Por isso estou bolando ideias de ganhar dinheiro no meu tempo livre. Brigadeiros em saídas de escolas, universidades e praças, trampos de garçonete pela noite em bares ou cafés legais (e que deem gorjetas gordinhas) e aulas de português são o que pensei até o momento, enquanto meu trabalho oficial não dá frutos.

Viagem internacional

Quero conhecer mais países da América Latina. Como o orçamento é pequeno a minha viagem ainda não tem nem um país definido porque quero escolher de acordo com os custos. Acho divertido desenvolver esse tipo de lógica não apenas por causa da minha realidade (pobre, haha), mas porque fico com menos expectativa e também me surpreendo mais com o lugar que “o destino” escolhe pra mim. Faz uma experiência: pesquisa a passagem mais barata que tem no seu país ou pro estrangeiro e desenvolve um roteiro a partir disso. SPOILER: Estou namorando bastante o Peru.

Leituras

Não quero perder o ritmo das leituras que estou fazendo quase todas as noites antes de dormir. Ler é um entretenimento bacana e que me ajuda a escrever melhor, a me expressar melhor e, agora com algumas leituras em espanhol, a aprender mais ainda a língua. Ou seja, só ganho com isso. Inclusive ontem uma amiga me deu um vale de R$ 80 da Amazon (é mês de aniversário da empresa e eles estão dando descontos bacanas, vai lá ver!) e eu comprei um novo Kindle! Mas vai demorar um pouquinho pra chegar, então continuarei com meu celular e o aplicativo que dão pro gasto.

Paciência

Esse é um item que preciso desenvolver com esmero. Começar do zero não é fácil, estar longe da família tampouco e não ter amigos é uma realidade difícil demais. Mas com o tempo as coisas vão se organizando. Sinto que meus projetos estão caminhando, pois estou plantando sementinhas e em breve elas irão florescer. É só considerar a paciência como bicho de estimação e alimentar todo dia. Isso me lembrou do item a seguir!

Trabalho voluntário

Ainda não mexi um dedo nisso, mas também a ideia veio somente nos últimos dias. A vontade é trabalhar ajudando uma ONG de animais (gatos e cachorros, geralmente) pelo menos uma vez por semana, enquanto tenho tempo livre no finzinho da tarde e noite. Além de ajudar (a cidade tem muito animal abandonado nas ruas), seria fofinho estar perto deles e aprender mais com isso. Quero criar um gatinho no apartamento, mas ainda não coloquei tela na varanda gigante (onde está o dinheiro, PLMDDS?), então preciso esperar. Seria incrível ter um bichinho para me fazer companhia.

Cursos

Online e presencial. O perfeito dos cursos online é que eu posso organizar meu horário e estudar sempre que quiser. A maravilhosa internet é cheia de coisas para ensinar se estivermos dispostas. Penso em buscar aprendizados no Coursera ou sites afins. Já o presencial pode me ajudar a criar um novo círculo social e também me obriga a sair de casa e ver o conteúdo de forma completa, mas obviamente são pagos e por isso demanda mais aperto no mês. Isso tudo porque a pós-graduação, o que eu realmente gostaria de fazer, ainda não vai entrar nas metas porque não tenho dinheiro nem bolsa pra isso.

Saúde

Descobri aulas de yoga nos fins de semana com aporte voluntário e sempre tem a possibilidade de subir e descer as escadas que nem uma louca todos os dias. Outra opção para sair do meu sedentarismo é explorar a academia que dizem que o prédio tem (três meses aqui e ainda não fui averiguar, SHAME ON ME) e comprar uma bicicleta (alguém sabe onde meu dinheiro foi parar?). Comer melhor e evitar o mergulho na tristeza para não ficar doente também são metas diárias para 2016 e a vida inteira.

Alimentação

Necessito paulatinamente trocar algumas besteiras (tipo suquinho de pó, SÉRIO) por soluções mais saudáveis e gostosas. A meta de ir mais à feira do que ao supermercado pode melhorar esse cenário (e meu bolso). Ah, também pretendo melhorar ainda mais na cozinha e aumentar o repertório das comidas que sei fazer. De repente consigo fazer o jantar do Natal de 2016, sozinha! Vai que, né?

DSC_0218

#Fotinha cheio de verde para ilustrar que tenho que ter muita esperança pra desenvolver esses projetos com êxito e de preferência com vida. HAHA!#

E vocês? Já estão colocando as metas do ano em prática? Concordam que é melhor focar em uma coisa pra não ficar louca? Eu já estou criticando esse meu post porque dar conta de tudo isso vai ser bem pesado. Ainda bem que o ano tem mais de 300 dias, né? HAHA. Me conta! ❤

Esse tema faz parte da postagem coletiva do grupo “Vai um Café?”. Ainda não conhece? Corre lá no Facebook ou leia mais sobre o projeto no blog da idealizadora. ❤

Anúncios

24 comentários Adicione o seu

  1. Adorei suas metas. Elas refletem bem o que todos nós buscamos cumprir em um ano: ter mais saúde e maiores condições financeiras para dar continuidade aos sonhos. É tão difícil manter esses dois em harmonia sem que vc fique doente ou pobre D: Mas tenho fé que vc consiga, Aline. Este ano tem um dia extra para fazer valer a pena!
    Sempre que conseguir cumprir um objetivo, fala aí no blog para a gente ler! Vou adorar saber de suas conquistas! 2015 foi um ano meio meh pra mim, então aguardo por dias melhores em 2016. Espero que tenhamos um bom ano pela frente!
    Beijinhos e boa sorte!! ❤

    Curtido por 1 pessoa

    1. Que delícia de comentário, Maíra! Eu amo comentários longos, HAHAHA. Acho que você tem razão, no final das contas a gente quer mais dinheirinho pra realizar os sonhos, mas não adianta nada se não tiver com a saúde em dia, né? Vamos correr atrás porque a gente consegue. O meu ano de 2015 foi sensacional, apesar de ter tido uns momentos tensos também. Falei dele no último post, caso você queria saber um pouquin. Brigadíssima por vir aqui, tou super feliz de ter te conhecido, principalmente porque és recifense que nem eu <3. Um cheeeeeiro!

      Curtido por 1 pessoa

      1. Fiquei encantada após saber que vc tem é recifense! Tava difícil para encontrar uma no grupo – ou talvez eu seja bem distraída e só achei agora. Pelo menos já podemos fazer um encontrinho de duas pessoas (uhhuuuul solidão).
        Em relação a comentários: eu só gosto de fazê-lo se for para dar uma conversinha legal. Eu não sou muito adepta dos comments de 1 linha. Eu tinha uma leitora que comentava até bastante, mas depois só ficou 1 linha de palavras e outra linha com o link do blog dela. Depois sumiu de vez. Decidi a partir daquele dia só comentar quando eu sentisse que o post chamou minha atenção.

        Curtido por 1 pessoa

      2. concordo plenamente! tem comentário inclusive que você sabe que a pessoa nem ao menos leu, é tenso! eita, tou viajando agora! mas estando em Recife te aviso 💕✨

        Curtido por 1 pessoa

      3. Huhuhuhuhu avise mesmo. Eu não saio quase nunca da cidade kkk

        Curtido por 1 pessoa

  2. Henri Galvão disse:

    Recomendo muito o Peru. Vivi em Lima há alguns anos (três meses apenas) e achei ótimo, sem falar que o custo de tudo é bem mais baixo (e tem até passagem de ônibus direto pra lá). Abraçs!

    Curtido por 2 pessoas

    1. isso, as coisas parecem bem baratas e incríveis, ou seja, a carinha do meu bolso!

      Curtido por 1 pessoa

  3. Concordo tanto com “A sua frustração diminui enquanto a satisfação aumenta bastante.” E com tudo isto, já tens muito o que fazer em 2016. Beijo

    Curtido por 1 pessoa

  4. Lais Azevedo disse:

    Eu amo traçar metas, todo começo de ano faço isso. As suas são bem parecidas com as minhas, principalmente a de saúde e alimentação, estou fazendo exercícios em casa e indo à feira e tem dado um bom resultado (o bolso agradece bastante também). Mudei de casa no ano passado e ainda não consegui chamar meu cantinho de lar então também decidir mudar algumas coisas, estou vendo alguns diy, quero colocar a mão na massa.
    Espero que você realize tudo e mais um pouco. 🙂

    Curtido por 1 pessoa

    1. Uhul! Se encontrar DIY legais, posta no seu blog e me marca! HAHA. E sim, vai dar tudo certo pra a gente. É “só” ter vontade, né?
      Brigada por ter vindo <3.

      Curtido por 1 pessoa

  5. Lari Reis disse:

    Adorei as suas metas! Talvez porque tenha criado uma identificação 🙂 Algumas coisas que você se propôs, eu já conquistei – ou sigo conquistando – e acho ótimo ver mais gente seguindo por esse caminho! Boa sorte!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Miga, dá as dicas aí! HAHA. Se tiver dicas diferentes das minhas, eu super gostaria de ouvir pra tentar praticar e atingir minhas metas. Beijo ❤

      Curtido por 1 pessoa

      1. Lari Reis disse:

        Vamos lá… Para conseguir viajar eu não tenho como te dar muitas dicas que fujam de: junte dinheiro e se organize, né?! haha
        Para cumprir as metas de leitura, uma coisa que me ajuda é deixar à vista o livro que está sendo lido e os demais na fila (ou uma lista deles) para que eu possa me fazer certa “pressão”. No passado, eu usava o Skoob e ia atualizando a quantidade de páginas lidas por dia (ou o tempo que fosse entre uma leitura e outra). Lá, dava para acompanhar o progresso de algumas outras pessoas em suas leituras e isso fazia eu me dedicar mais também.
        Sobre paciência, isso é interno. E, como tudo nesse sentido, eu sou egoísta: penso nos benefícios ou malefícios que cada atitude/sentimento traz pra mim – por mais que possa estar pensando no relacionamento com outras pessoas também. Penso mesmo na minha saúde mental, nos cabelos brancos (sério) e no carma (ou aquilo de que tudo o que a gente emite gera um efeito ao nosso redor).
        Trabalho Voluntário: existem várias opções por ai. Algumas mais acessíveis e outras menos, infelizmente. Se você não estiver conseguindo se dedicar a um projeto em si, faça pequenas boas ações, independentes. Veja essas dicas que quem coloca comida para animais nas ruas, já que você também ama essa turminha ❤ Sempre busque uma alternativa!
        Cursos: eu comprei um pacote de 2 anos de cursos online na blackfriday (sim, bem mais barato que o preço normal). Ainda não comecei a me dedicar a eles, mas já me organizei para que isso aconteça. O que eu coloco como motivação é pensar no motivo de eu estar fazendo cada curso. Às vezes, vale a pena escrever essas metas – como seus bicos, projetos fotográficos ou crescimento na empresa – e relacioná-los a cada novo curso. Deixar à vista (gosto muito de deixar as coisas à vista pra mim) e seguir se motivando a correr atrás todo dia!
        Vou juntar saúde e alimentação porque né… haha! São coisas que eu vejo de forma egoísta, assim como a paciência. Penso nos efeitos que causarão em mim, principalmente a longo prazo. Acho que o raciocínio já ficou claro, mas ainda vale dizer que pensar de forma "egoísta" é só pra me motivar a seguir cada coisa. No fim, essas mudanças melhoram a gente e a gente melhora o que está ao nosso redor, então acaba não sendo positivo só pra gente!

        Beijo!!

        Curtido por 1 pessoa

      2. Perfeito teu comentário. Tamo junta, pensamos parecido. Acho que estou seguindo essa linha mesmo, com o tempo sinto que colherei as semetinhas que estou plantando. Que seja doce a nossa caminhada ❤
        Muito obrigada pelo comment inspirador o/

        Curtido por 1 pessoa

      3. Lari Reis disse:

        Tomara! E, quando não for, que a gente saiba saborear do amargo também 🙂

        Curtido por 1 pessoa

      4. Que a gente sempre aprenda, né? 🙂

        Curtido por 1 pessoa

  6. Letícia Luz disse:

    olha, desisti de ter metas, viu. haha. Mas aprendi que metas trimestrais são mais fáceis de cumprir porque você não precisa planejar lá longe. Vou tentar assim, mas nada oficial.

    Ai que legal saber que trabalha com mídias! eu tbm mais ou menos trabalho com isso, mas queria investir mais. Podemos trocar ideias depois, quem sabe.

    Hoje abri a minha pasta de livros e artigos, é um começo, eu diria. hahaha. Logo compartilho. Falando nisso, aprendi a baixar os livros comprados no kindle.

    :*

    Curtido por 1 pessoa

      1. Letícia Luz disse:

        vai no site da amazon > gerencie seu conteudo e dispositivos > clicar no quadradinho com três pontinhos referente ao seu livro > baixar e transferir por usb.

        Ele vai dar o formato azw3, que acho ser o formato padrão do kindle. Veja se dá certo!

        Curtir

    1. sim, trocamos ideias quando
      você quiser 😉 as metas trimestrais parecem bacanas, gosto de trabalhar com pequenas coisas pra sentir a satisfação mais rapidamente! arrasou sobre não ter metas hahaha. brigada por ter comentado ❤️❤️❤️

      Curtir

Vai ser incrível um comentário seu por aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s